Uncategorized

Facebook testando o novo design da página para mudar o foco nos detalhes da página

Recentemente, o gigante da mídia social, o Facebook, foi visto testando um novo formato de página para seus aplicativos móveis, que se concentrará mais nos detalhes da página e, ao mesmo tempo, enfatizará as contagens semelhantes em uma página.

Essa nova alteração removerá a opção de gostar de uma página e se concentrará mais em incentivar as pessoas a ‘seguir’ a página.

A partir da imagem acima, é claro que o novo layout incluirá uma imagem de perfil muito maior com o nome da página abaixo da imagem do perfil. A mudança mais significativa entre as duas imagens é a remoção do botão ‘Curtir’ do novo design.

Isso também removerá o número total de contagens semelhantes da página. Em vez disso, agora você pode ver o número total de seguidores logo abaixo do botão azul seguir.

Essa mudança do Facebook pode ser uma surpresa para as pessoas, mas faz sentido, pois quando você gosta de uma página, automaticamente se torna seguidor. Mas as pessoas tendem a deixar de seguir depois de um tempo, o que não afeta o número total de curtidas e apenas altera o número total de seguidores.

Isso faz com que a contagem de seguidores seja mais valiosa, pois somente as pessoas que seguirão a página poderão ver as atualizações na página. Além da remoção do botão like, o novo layout também inclui algumas alterações nas opções de administrador e sistema, o que permitirá um melhor gerenciamento das páginas.

Atualizações no local de trabalho

O Facebook também lançou recentemente algumas atualizações significativas no Workplace, uma plataforma para profissionais. A nova atualização incluirá melhorias de desempenho e estabilidade, além de uma introdução ao modo escuro nas plataformas de desktop e móvel.

O novo aplicativo de bate-papo do Workplace será mais ágil e mais fácil de usar em comparação com o atual. O modo escuro também será adicionado à versão para desktop do aplicativo, juntamente com os aplicativos móveis nas duas plataformas. Espera-se que a nova versão para desktop seja significativamente mais rápida que a antiga.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar